A Vigilância Epidemiológica da secretaria municipal de Saúde (SMS) orienta a população sobre a importância da atualização do cartão de vacina. Assim como aconteceu com as doses de HPV para meninos e meninas com idade acima de nove anos, o órgão também tem orientado aos pais, com relação à vacina meningo C, contra a meningite.

Neste ano, já foram imunizadas contra a meningite no município, cerca de 20 mil crianças. A vacinação contra a meningite deve ser tomada em bebês em três doses, sendo a primeira com três meses, a segunda com cinco meses e a última com um ano. Dos 11 aos 14 anos, a criança deve receber outra dose da vacina.

— É muito importante que os pais se conscientizem sobre a importância de manter a caderneta de vacina de seus filhos em dia. A imunização é a melhor forma de prevenção das doenças e na rede municipal oferecemos todas as doses do calendário vacinal. Quanto mais rápido a dose for administrada, melhor para a imunidade do paciente — explicou a assessora chefe da Vigilância, Roberta Lastorina.

Roberta destaca ainda que, contra a meningite a rede municipal ainda disponibiliza a haemophilus tipo B, que também deve ser administrada na primeira infância, aos dois, quatro e seus meses de vida do bebê.

— Essas vacinas fazem parte do calendário vacinal da criança e são encontradas em todas as nossas salas de vacinação nas unidades básicas de saúde e também no Centro de Saúde. Além dessa disponibilidade, nossa equipe também realiza com frequência, as chamadas ações extramuros, que são visitas às escolas para atualizar as vacinas dos alunos, além de participarmos também de diversos eventos — concluiu.

Fonte: SupCom

COMENTE COM SEU FACEBOOK