Era para ser uma simples comunicação à Assembleia, mas acabou virando piada.

O deputado e pré-candidatíssimo ao Senado Flávio Bolsonaro informou seu novo status de líder do PSL, partido para o qual migrou junto com o pai.

Só que, no Diário Oficial desta quarta-feira (11), logo depois do comunicado, o nome do moço aparece como… “Líder da bancada do PT”!

Logo um de seus partidos inimigos.


As péssimas línguas dizem que se trata de provocação, já que o moço partiu para o ataque contra os colegas que, na sessão de ontem, discursaram contra a prisão do ex-presidente Lula, ostentando adesivos e cartazes com a hashtag #LulaLivre.

Fonte: Berenice Seara / Extra

COMENTE COM SEU FACEBOOK