Um personagem até então oculto tem atuado nos bastidores para ajudar na construção da base do governo Wilson Witzel na Alerj: Anthony Garotinho, que acaba de deixar o PRP. O ex-governador tem feito reuniões e conversado com deputados. Costura também a reeleição de André Ceciliano (PT) à Presidência da Assembleia.

O filho de Garotinho, deputado federal eleito Wladimir, e o deputado estadual reeleito Bruno Dauaire, inclusive, estão de malas prontas para também saírem do PRP e embarcar no PSC de Witzel. Garotinho ainda não sabe o seu destino partidário. Recentemente, ele e Ceciliano almoçaram para traçar a estratégia contra o avanço do PSL dos Bolsonaro.

A família toda

Clarissa (Pros), filha de Garotinho e reeleita deputada federal, se encontrou com Wilson Witzel no Palácio Guanabara. Ela se “pôs à disposição” para “cuidar dos interesses” do governo estadual, em Brasília.

Procura-se

Garotinho tentou despistar, mas admitiu que tem se encontrado com os deputados. “São eles que me procuram”, ressalta o ex-governador.

É passado

Após trocar acusações com Witzel durante a campanha, Garotinho disse à Coluna que a briga “é coisa do passado”. “Não estou jogando contra o governo”, afirmou.

Dupla em Campos

O filho Wladimir já agendou até a ida de Lucas Tristão, homem forte de Witzel e secretário de Desenvolvimento Econômico, a Campos, base eleitoral da família Garotinho. Eles vão visitar obras.

 

Fonte: Berenice Seara / Extra

COMENTE COM SEU FACEBOOK