No Rio de Janeiro para o Enaex (Encontro Nacional de Comércio Exterior), Michel Temer (PMDB), recebeu uma bênção que mais parecia um check-up completo. O pastor Marcos Pereira da Silva, líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, pediu para Deus “visitar o coração, a coluna, o rim, o intestino, o fígado”, entre outros órgãos do presidente.

 O polêmico pastor chegou a ser preso pelo crime de estupro em 2013, condenado pela 2ª Vara Criminal de São João de Meriti, em primeira instância, a 15 anos de reclusão pelo crime de atentado violento ao pudor.

Em dezembro de 2014, após 19 meses encarcerado, ele obteve liberdade após habeas corpus concedido pelo STF.

E o presidente não foi o primeiro político abençoado pelo líder religioso. Em 2016, ele aproveitou também para orar pelo vice-governador, Francisco Dornelles (PP).

Fonte: Extra, Extra/Berenice Seara 

COMENTE COM SEU FACEBOOK