Depois da Prefeitura de Campos receber 70 radiotransmissores do Governo do Estado, os órgãos municipais que serão beneficiados estão se organizando para começar a usá-los para reforçar a segurança na cidade. Além de entregar os aparelhos, a Superintendência estadual de Comunicações Críticas (SCCRIT) — vinculada à Subsecretaria estadual de Comando e Controle (SSCC) — também oferece cursos de capacitação para operar o sistema da rede de rádios.

Inicialmente, Movan e De Abreu, agentes da Guarda Civil Municipal, foram ao Rio de Janeiro para receber o treinamento. Segundo o comandante Wyllian Bolckau, eles vão passar os ensinamentos para os companheiros de corporação para a utilização dos rádios. Além da Guarda, o IMTT e Defesa Civil também vão operar os equipamentos durante suas ações.

— Vai ser uma ferramenta de trabalho muito importante, pois é uma tecnologia que a Guarda não possuía. Os guardas passaram pelo treinamento e vão orientar os companheiros para iniciar o uso, o que não deve demorar. Os aparelhos possuem GPS, o que vai nos ajudar no posicionamento das viaturas na cidade — conta Wyllian Bolckau.

O presidente do IMTT, Renato Siqueira, ressalta a segurança do sistema, o que sempre foi um problema por causa do vazamento das informações sobre as fiscalizações na cidade. “No nosso entendimento, primeiro ele assegura maior confiabilidade na conversação sobre o órgão. Por ser um sistema digital está menos sujeito à invasão por escuta clandestina. Além disso, o sistema dá uma condição melhor de operacionalidade à fiscalização, com uma comunicação mais rápida e segura no sentido de coibir práticas irregulares”, avalia Renato Siqueira.

Outro órgão que será beneficiado é a Defesa Civil, onde os aparelhos serão utilizados para buscar apoio, principalmente em possíveis desastres naturais. “O serviço vai facilitar o contato com os demais órgãos, o que ajuda muito em momentos em que a rapidez é necessária. Isso agiliza o atendimento e o socorro, por exemplo”, disse o diretor executivo da Coordenadoria da Defesa Civil, major Edison Pessanha.

Fonte: Supcom

COMENTE COM SEU FACEBOOK