A queda de Anthony Garotinho (PRP) e a ascensão de Tarcísio Motta (PSOL) nas pesquisas rendeu comentários do governador Luiz Fernando Pezão (MDB). À coluna Informe do Dia, ele foi irônico ao comparar as duas situações.

“Daqui a pouco, o Tarcísio vai passar. Em 2014, contra mim, o Garotinho só teve 17% (na verdade, foram 19,7%). Agora, foi condenado”, alfinetou Pezão, ex-aliado, mas atualmente inimigo de Garotinho.

Vale lembrar, que em 2014, Tarcísio quase alcançou Lindbergh. O vereador do Rio teve 712.734 votos e, o senador, 798.897.

Por: Redação

COMENTE COM SEU FACEBOOK