A Superintendência de Postura realizou, na manhã desta quarta-feira (4), um mutirão de identificação de terrenos e casas em estado de abandono no bairro Veredas, próximo ao Pq. Aurora. Medida também é uma forma de combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de arboviroses como Dengue, Zika e Chikungunya. No próximo mês, um mutirão será feito no Pq. Julião Nogueira.

O superintendente Victor Montalvão e os fiscais percorreram as ruas do bairro para localizar os proprietários dos imóveis com acúmulo de mato e lixo, ambientes favoráveis à proliferação do Aedes aegypti. Segundo Montalvão, 97 notificações foram feitas.

– Devida à dificuldade de localizar os respectivos donos dos lotes vistoriados (369, no total), nos próximos dias estaremos lançando um Edital, via publicação no Diário Oficial, para que os responsáveis possam regularizar a limpeza da área em 30 dias, a partir da data de publicação. Caso a limpeza não seja feita, é aplicada multa e inserido o imóvel na Dívida Ativa – disse Montalvão.

Somente neste ano, a Superintendência de Postura realizou mais de 195 notificações através de Editais. Nos meses de abril e maio, 70 foram feitas pessoalmente e cerca de 90% com êxito na limpeza. Esses locais podem servir de esconderijo para criminosos e ainda abrigar baratas, roedores, além do mosquito Aedes aegypti — transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. “Têm muitos focos nesses terrenos encharcados. O que puderem fazer já ajuda muito a gente (moradores)”, disse um morador do Veredas.

Para denúncias sobre terrenos e prédios em condições de abandono, com acúmulo de mato e lixo, o telefone para contato é (22) 98168-3645, das 8h às 17h. Denúncias presenciais podem ser feitas na sede da Superintendência, à Rua Tenente Coronel Cardoso, 91, Centro.

Fonte: SupCom

COMENTE COM SEU FACEBOOK