Há um ditado que diz o seguinte: “Nada é tão ruim que não possa piorar”.

Para a turma do Chequinho, que viu a Justiça passar o rodo e afastar da Câmara de Campos diversos vereadores eleitos após um escandaloso esquema, agora é a vez do grupo rosáceo explicar a relação com a empreiteira Odebrecht.

De acordo com publicação (aqui), a prisão do governador Luiz Fernando Pezão foi mais do que simbólica. Significa que um pente fino será passado em todo o estado para estabelecer as conexões com políticos do interior do RJ.

Uma investigação que deve seguir à diante é sobre o possível recebimento de propinas por prefeitos, secretários e ex-prefeitos da região pela Odebrecht, no estabelecimento de contratos em Campos, Rio das Ostras e Macaé. Inclusive, o nome de políticos conhecidos, como o da ex-governadora Rosinha Garotinho, o ex-prefeito de Macaé Riverton Mussi, e de Alcebíades Sabino (ex-prefeito de Rio das Ostras e ex-deputado estadual) já foram citados em colaborações recentes por dirigentes da empresa. Em Campos, contrato com a Odebrecth foi o maior da história do município, girando em torno de R$ 1 bilhão.

O Superintendente da Odebrecht no Rio de Janeiro, Leandro Azevedo afirmou que fez pagamentos milionários aos ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho, do PR. O também delator Benedicto Júnior já havia dito que o casal recebeu dinheiro de caixa dois.

 E não é só isso: além do casal Garotinho, outros políticos do interior do Rio aparecem na lista do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, com nomes de autoridades que podem ser investigadas por uma suposta ligação com a Operação Lava Jato.  Todos eles foram denunciados por executivos da construtora da Odebrecht em delação premiada à Justiça e teriam recebido recursos indevidos. Os processos contra eles foram enviados à Procuradoria Geral da República. No entanto, como não são políticos com foro privilegiado, esses processos envolvendo os políticos do interior serão destinados à Justiça Comum, que vai avaliar se eles serão ou não investigados.

 Corra que o Bretas vem aí…

COMENTE COM SEU FACEBOOK