Causou polêmica o primeiro projeto enviado pelo governador Wilson Witzel (PSC), pelo qual agentes de segurança pública ficariam isentos de taxas periciais em processos criminais ou administrativos.
Tanto o decano Luiz Paulo (PSDB) quanto o novato — e simpático ao governo — Alexandre Freitas (Novo) acusaram o texto aprensentado pelo ex-juiz… de ser inconstitucional.
O tucano, inclusive, fez questão de pedir ao presidente, André Ceciliano (PT), que seu voto preparado como integrante da Comissão de Constituição e Justiça seja publicado no Diário Oficial, para registrar os vários problemas relatados por ele.
Além de apontar que a Procuradoria do Estado, e não a Defensoria, seria o órgão mais indicado para atuar na defesa de agentes de segurança, os nobres também defendem que o projeto teria que ser apresentado em conjunto com o Poder Judiciário.
O líder do governo, Márcio Pacheco (PSC), solicitou a retirada de pauta.
Fonte: Berenice Seara / Extra
COMENTE COM SEU FACEBOOK