O prefeito de Campos Rafael Diniz liderou reunião de prefeitos, no auditório da Prefeitura, na tarde desta terça-feira (30), para assinatura da criação do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte e Noroeste Fluminense (CIDENNF). Além do prefeito de Campos, participaram os de: Conceição de Macabu, Cláudio Linhares; São Fidélis, Amarildo Alcântara; e o vice-prefeito de Cardoso Moreira, Renato Jacinto. Enviaram representantes as prefeituras de Quissamã, Carapebus e Bom Jesus do Itabapoana, outros três dos oito municípios participantes, que reúne ainda Italva. Esses quatro vão assinar a adesão posteriormente.
— Esse é um momento histórico para nossa região, que vê na união de forças, o caminho para conduzirmos muitas lutas. Não poderá ocorrer uma transformação em Campos, se o mesmo não acontecer com os municípios vizinhos. Por isso estou muito feliz, porque todos vocês também entendem que o progresso passa pela nossa união. Tiveram chance de fazer isso há 20 anos e hoje estaríamos bem avançados. Mas não fizeram, por isso cabe a nós iniciarmos esse processo — afirmou Rafael Diniz, para um auditório com representantes de todos os setores da administração municipal.
O presidente da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (CODEMCA), Vinicius Viana, que também foi o coordenador dos trabalhos para a formatação do CIDENNF, destacou todo o esforço até o ato de criação do Conselho. “Nossa primeira reunião foi há mais de um ano, em um evento na UENF. E desde então percorremos os municípios da região divulgando a proposta. Em todo momento, recebemos o incentivo do prefeito Rafael Diniz, que sempre foi um grande entusiasta dessa integração e desponta como líder desta Zona Metropolitana do Interior. Por isso esse momento é tão importante”.
O presidente da Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Agevap), André Marques, que ajudou com consultorias nas reuniões do grupo dos municípios, também ressaltou a importância do momento. “É um passo importante para buscar com maior representatividade, recursos para áreas como: Saúde, Turismo, Mobilidade Urbana e outras. E podem estar certos: em pouco tempo todos os 22 municípios da região estarão no consórcio”, afirmou.
A presidente do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, Maria Aparecida Vargas, concorda que o momento é histórico para a região. “As experiências de consórcios têm dado certo em todo o país. Elas são muito positivas para a organização, integração e desenvolvimento de uma determinada região”.
Os demais prefeitos também destacaram a importância do ato para a região, que pode ganhar mais força política. “É uma forma de fortalecer os municípios pequenos. As coisas estão mudando e fico muito otimista”, afirmou Cláudio Linhares. “Quero parabenizar pessoalmente o prefeito Rafael Diniz, por ter buscado e incentivado essa união”, acrescentou Amarildo Alcântara. “Com todos apoiando, seremos mais fortes”, completou o vice-prefeito Renato Jacinto.
O vereador Fred Machado também falou da iniciativa de criar o CIDENNF, que pode ser um divisor de águas. “São muitas as demandas em toda a região e essa união, com certeza, vai dar muito mais força aos municípios. E as Câmaras de Vereadores também podem ajudar, sempre que acionadas”.
Escolha do presidente – Após a assinatura do documento de criação do Conselho, os integrantes se reuniram na primeira assembleia ordinária, para escolha do presidente do CIDENNF, do secretário executivo e aprovação do estatuto do Conselho. Para presidente foi aprovado, por unanimidade, o nome de Rafael Diniz, que apontou Vinicius Viana para secretário executivo. Em seguida, foi aprovado o estatuto e definidos alguns temas a serem tratados na segunda assembleia, a ter local e horário definidos.
COMENTE COM SEU FACEBOOK